Filme da Semana: As Sufragistas

As-Sufragistas-posterAs sufragistas, de Sarah Gavron, é um filme de 2015, muito interessante, que explora uma temática sempre actual: a emancipação feminina, na família e na sociedade, e a luta das mulheres por uma igualdade efectiva, legal, nos direitos civis e políticos. O espaço temporal do filme centra-se no início do século XX, em Inglaterra, mas não é despiciendo salientar que a génese de tais reivindicações é bem mais antiga e que a problemática se expande, em termos geográficos, praticamente a todo o mundo. É um assunto temporalmente milenar e espacialmente global. O interesse do filme não está tanto nas suas formas estéticas e imagéticas mas mais na sua linguagem político-filosófica, já que aborda assuntos caros à filosofia, tais como os conceitos de dominação, luta, sacrifício, antropocentrismo, igualdade, injustiça, violência e poder. Acima de tudo, o filme consegue transmitir-nos uma mensagem profunda: a vida em sociedade não passa de uma construção sob privilégios onde aqueles de dominam tendem a perpetuar ciclos de violência e opressão com a finalidade de preservar tais privilégios. Segue-se uma esperança: toda a desconstrução é, além de desejável, possível! Nota 8/10

Site oficial: https://www.suffragettemovie.com/watch-at-home

Licenciado em Filosofia pela Universidade do Minho. Pós-graduado em Ética e Filosofia Política pela Universidade Católica Portuguesa. Pós-graduado em Direitos Humanos pela Universidade do Minho. Licenciando em Direito pela Universidade do Minho.

Leave a Reply