Subida ao meu Chimborazo

Hoje foi dia de subir novamente ao meu pequeno Chimborazo. Havia um misto permanente de sol e sombra, a cada recanto opunham-se definhamento e renascimento. A natureza, esse organismo vivo e interligado, a existir segundo as suas próprias leis. O outono em todo o seu esplendor. Sinto-me un petit Humboldt e a minha pequena aventura traz-me o alemão à memória.

© Hélder Filipe Azevedo, 22.10.2016
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Minho. Pós-graduado em Ética e Filosofia Política pela Universidade Católica Portuguesa. Pós-graduado em Direitos Humanos pela Universidade do Minho. Licenciando em Direito pela Universidade do Minho.

Leave a Reply