LIVRO: CATULO XV POEMAS

catulo_cinz_1Catulo – XV Poemas é um livro editado pela Publicações Serrote em 2017

Livro muito interessante que colige 15 poemas de Gaius Valerius Catullus, um poeta romano nascido em Verona, por volta de 85 a.C. A sua escrita reflecte muito o grande amor da sua vida, Cláudia Metelo (a quem trata carinhosamente por Lésbia). Morre aos 30 anos de idade. A sua obra cai no esquecimento, sendo recuperada apenas no século XIV.

V

Vivamus, mea Lesbia, atque amemus,
rumoresque senum severiorum
omnes unius aestimemus assis.
soles occidere et redire possunt:
nobis, cum semel occidit brevis lux,
nox est perpetua una dormienda.
da mi basia mille, deinde centum,
dein mille altera, dein secunda centum,
deinde usque altera mille, deinde centum,
dein, cum milia multa fecerimus,
conturbabimus illa, ne sciamus,
aut ne quis malus invidere possit,
cum tantum sciat esse basiorum.
Vivamos, Lésbia, e amemo-nos,
Porque os boatos de velhos rabugentos
Não valem um chavo!
O sol põe-se e volta a nascer,
Mas, quando a luz da vida se apagar,
A noite será eterna.
Dá-me mil beijos, e depois cem,
A seguir outros mil, e logo outros cem,
Ainda mais outros mil e depois cem.
Depois, quando tivermos dado muitos milhares,
Baralhemos as contas, para que não saibamos,
E que ninguém maldoso inveje,
Quantos beijos nós trocamos.

XVI

Pedicabo ego vos et irrumabo,
Aureli pathice et cinaede Furi,
qui me ex versiculis meis putastis,
quod sunt molliculi, parum pudicum.
nam castum esse decet pium poetam
ipsum, versiculos nihil necesse est,
qui tum denique habent salem ac leporem,
si sunt molliculi ac parum pudici
et quod pruriat incitare possunt,
non dico pueris, sed his pilosis,
qui duros nequeunt movere lumbos.
vos quod milia multa basiorum
legistis, male me marem putatis?
pedicabo ego vos et irrumabo.
Vou enrabar-vos aos dois,
Aurélio sua Bicha e Fúrio meu panasca,
Pois fazeis pouco dos meus poemas,
Por serem efeminados e pouco pudicos.
O verdadeiro poeta deve ser casto,
Mas o mesmo não se aplica aos seus poemas,
Até porque, se formos bem a ver,
Os melhores poemas
São os efeminados e pouco pudicos:
Aqueles que conseguem excitar,
Não apenas os jovens, mas os homens de barba rija.
Que já têm dificuldade em pô-lo de pé.
Vós, que lestes os “Milhares de Beijos”
Duvidais da minha masculinidade?
Vou enrabar-vos aos dois.

 

© Hélder Filipe Azevedo, 01.V.2018

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s