Traído Pla Alegria – Quis Ansioso

TRAíDO PLA ALEGRIA – QUIS ANSIOSO

Traído pla alegria – quis ansioso

Como o vento levá-la – Mas a quem

Senão a ti, há muito já no além,

Na estase de um sepulcro silencioso?

O amor, amor fiel, veio lembrar –

Como ousei eu esquecer-te! – Mas que pulso,

Ou, por mais fugaz que fosse, que impulso

Me iludiu tanto a ponto de ignorar

A perda da minha vida? – Lembrá-la

Foi o gume mais pungente da dor,

Salvo o do meu vazio ao chorá-la,

Quando o meu tesouro o vi sem fulgor;

E o presente e o futuro nessa vala

Levando-me pra sempre o meu amor.

 

William Wordsworth, Poemas Escolhidos. Assírio & Alvim, 2018.


Categorias:Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

LIVRE - BRAGA

CHAMADA PARA A MUDANÇA

A CASA DOS PENSADORES

Incursões filosóficas, Jurídicas, Políticas e Afins

El vuelo de la lechuza

Publicación humanista de referencia en español

Fujifilm Corporate Blog

Explore the world of Fujifilm

The Insatiable Traveler

Embrace Adventure

QWF Writes

Quebec Writers' Federation. Two cents, once a month.

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d bloggers like this: