Meine Liebe Chimborazo: 25.05.2019

Manhã quente e solarenga neste ocaso do mês de maio de 2019. Uma natureza luminosa se levanta atrás de mim, cheia de cores torridas e sons estonteantes. É o prenúncio do verão. Esperam-me grandes aventuras. Que a sorte nos acompanhe.

Subi de manhã, pelas 10 horas. Uma hora depois estava lá em cima, no teto do meu mundo. Deitei-me e deleitei-me nesse imenso e onírico campo de trigo e centeio e por momento pareceu-me que Diana e a sua corça passaram por mim. Lá em cima, mesmo por baixo do sol, dançava num místico ritual um magnífico milhafre real.

Permiti-me sonhar que subia o Chimborazo. Aguardo mais dias assim, verdes, quentes e luminosos, cheios de luz, de cor e de sons inefáveis, que só a mim me é dado conhecer. É um presente dos deuses antigos, aqueles a quem o homem moderno se permitiu esquecer.

São Martinho do Vale. Sábado, 25 de Maio de 2019.

Licenciado em Filosofia pela Universidade do Minho. Pós-graduado em Ética e Filosofia Política pela Universidade Católica Portuguesa. Pós-graduado em Direitos Humanos pela Universidade do Minho. Licenciando em Direito pela Universidade do Minho.

Leave a Reply