Cultura

Recomendações

Macbeth, de Shakespeare

Macbeth

Que ventosa foi a noite. No lugar onde dormimos,

o vento derrubou as chaminés e há quem diga

que lamentos ecoavam pelos ares, estranhos gritos

de terror e profecias de aziagas combustões,

de revoltas nunca vistas nestes tempos de amargura.

O pássaro das trevas fez-se ouvir a noite toda.

Alguns dizem que a terra, consumida pela febre,

chegou mesmo a estremecer.

Acto 2, Cena III, par. 60, p. 53

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

LIVRE - BRAGA

CHAMADA PARA A MUDANÇA

A CASA DOS PENSADORES

Incursões filosóficas, Jurídicas, Políticas e Afins

El vuelo de la lechuza

Filosofía, literatura, humanidades. Revista cultural de referencia

Fujifilm Corporate Blog

Explore the world of Fujifilm

The Insatiable Traveler

Travel inspiration, stories, photos and advice

QWF Writes

Quebec Writers' Federation. Two cents, once a month.

The Daily Post

The Art and Craft of Blogging

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d bloggers like this: